Rituais de ano novo bem peculiares pelo mundo

20 de setembro de 2018
Curiosidades
.
Todo mundo ama a véspera de ano novo. Não há nada melhor do que vestir-se e passar bons momentos com seus amigos e familiares enquanto espera pacientemente pela meia noite. Mas não são todos os lugares onde se tem o habitual champanhe, fogos de artifício e beijos da meia-noite! Que tal explorar novas tradições?

Quito – Equador

.

.
.
Ao percorrer a cidade, diversos lugares vendem efígies – algo parecido com uma escultura de papel machê. As imagens variam de políticos a Batman, e antes da meia noite essas esculturas são queimadas. Mas por que incendiá-los? Essa queima é simbólica, o ato de queimar ajuda a limpar toda a energia ruim do ano anterior, antes do início do ano novo. Que tal? Pode ser estranho, mas é algo que se torna divertido e satisfatório.
.

Escócia

.

.
Na escócia, a véspera do ano novo é chamado de Hogmanay e esta festa pode durar até 2 de Janeiro. Existem várias tradições que são completamente exclusivas da Escócia. Um dos costumes é conhecido como “first-footing”, que vem da crença de que a primeira pessoa a entrar em uma casa depois da meia-noite determinará a sorte do proprietário pelo resto do ano. Após a meia-noite as pessoas visitam as casas vizinhas com presentes simbólicos tradicionais, como bolos.
Dizem que é desejável que o “primeiro pé” a entrar na casa seja um homem alto e de cabelos escuros. A preferência pela coloração escura vem da aversão aos vikings, pois na época da invasão ao Reino Unido as pessoas temiam loiros chegando à sua porta com um grande machado! Isso significava um grande problema.
Outra tradição é o balanço das bolas de fogo. Se você quiser ver um show, vá até o Stonehaven Fireball Festival, onde os moradores caminham pela vila balançando sobre suas cabeças bolas de fogo caseiras (geralmente feitas de arame e recheadas com pedaços velhos de material e jornal). No final eles arremessam a bola na baía da cidade.
.

Espanha

.

.
Na Espanha, no minuto em que os sinos do Ano Novo tocam, você deve comer 12 uvas (cada uva representando um mês do ano) antes que as campainhas parem. Se você conseguir realizar essa tarefa, terá um ano cheio de sorte. Acredita-se também que esta tradição começou no final do século 19, quando havia um excedente de uvas, e os agricultores decidiram comercializar esta tradição.
.

Estônia

.

.
Na Véspera de Ano Novo da Estônia é comum que as pessoas passem 31 de dezembro comendo pelo menos sete, nove ou doze refeições ao longo do dia. Lá, acredita-se que se uma pessoa comer sete (ou nove ou doze) refeições na véspera de Ano Novo, elas herdarão a força de sete homens no ano seguinte. Além disso, de celebrar a abundância para todo o ano seguinte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *