9 razões para viajar a Ilha de Páscoa!

24 de julho de 2018
Curiosidades

Se você é um viajante que procura privacidade, bem vindo a Ilha de Páscoa!

O destino está a 3.700 quilômetros de distância da costa chilena, é um dos lugares habitados mais remotos do planeta.

Coloque na lista de desejos de viagens exóticas! Esse arquipélago vulcânico no Oceano Pacífico é um centro vibrante da cultura polinésia e paisagens de tirar o fôlego.

Com uma área de 163 km2, é fácil explorar a ilha com passeios de meio período. Aqui estão oito razões para começar a se planejar agora.

1. Vulcões
A Ilha de Páscoa é formada principalmente por diversos vulcões adormecidos. Mas três deles valem sua atenção: o Terevaka, Rano Raraku, e o Rano Kau.
– Terevaka é o maior e mais extenso da região. Com 500m de altitude, é possível ter uma vista de 360 graus da ilha. É um passeio recomendado para os mais aventureiros.
– O Rano Raraku foi um vulcão expeliu a rocha amarelada usada pelos Rapa Nui para esculpir os seus moais (estátuas de pedra).
No caminho é possível ver centenas de estátuas ainda em fase de construção. Existem cerca de 400 estátuas inacabadas.
Visite também a parte de dentro da cratera, é muito bonito.
– Rano Kau tem uma enorme e impressionante cratera. Ele é bem “exótico” por conta dos imensos paredões de pedra e pelo lago de água doce na cratera.
Esse vulcão fica bem perto da aldeia cerimonial de Orongo, um sítio arqueológico que mostra como era a vida dos Rapa Nui antes da chegada do homem branco.

easter 23

easter 24

2. Alimentos
A Ilha de Páscoa não tem como ponto forte a culinária.
Mas não deixe de experimentar o marisco da região, que é excelente. A maioria dos pratos incluem feijões frescos e inhame.
Dicas de onde comer: no “Poerava do Hangaroa Eco Village”, “Ariki o Te Pana Cafe” (esse possui excelentes empanadas locais).

easter 12

3. Festival de Tapati
Um dos muitos mistérios da Ilha de Páscoa é como essa ilha remota veio a ser habitada.
A maioria dos historiadores concordam que os marinheiros polinésios chegaram ao redor de 400 dC, mas ninguém sabe com certeza. O que se sabe é que não foi até 1722, quando chegou uma expedição holandesa, que a Rapa Nui teve contato com pessoas de fora. Mas a cultura única da ilha é mantida viva com atividades e festivais que destacam as artes antigas, como lançar lanças, brincar, dançar e pintar corpo.

A primeira festa da ilha é o Festival Tapati, que é celebrado no mês de fevereiro, giram em torno de uma série de competições baseadas em esportes antigos. O destaque do festival é o Haka Pei, uma competição bem perigosa onde participantes deslizam ladeira para baixo, deitado sobre uma espécie de trenó rústico construído com dois troncos de bananas unidos. A velocidade chega até 80 kilômetros por hora. Não é surpresa que seja um dos eventos que atrai bem os turistas. Há também competições de dança, desfiles de estilo carnavalesco, exposições de comida e a coroação da rainha Tapati.

easter 1

easter 6

easter 10

4. Cavalos selvagens
Os cavalos foram introduzidos a Rapa Nui por missionários católicos no século 19, e cerca de 6.000 deles correm selvagens na ilha hoje – é mais cavalos do que pessoas na ilha. Programe passeios a cavalos pelo arquipélago!

easter 223

5. Petróglifos
Num penhasco há um edifício conhecido como Mata Ngara’u, onde sacerdotes realizaram rituais e cerimônias. Cerca de 1.700 rochas na frente da propriedade possuem gravuras de petróglifos de birdmen, o deus criador de Makemake e símbolos da fertilidade feminina.

easter 8

6. Orongo Stone Village
Próximo da cratera de Rano Kau e de frente para o mar, a Aldeia de Orongo dispunha de várias casas de pedra onde eram usadas para cerimônias pelas tribos da ilha,
A cerimônias mais importante era a do Homem Pássaro, que consistia numa competição bem peculiar entre as tribos locais.
A competição baseia-se em descem o penhasco de 300 metros, nadar até a ilha de Motu Nui (escapando dos tubarões), pegar ovos que as andorinhas botavam por lá, e voltar ao ponto de partida. O primeiro que conseguisse realizar tal feito, seria coroado como Homem Pássaro e o líder de sua tribo por ano.

easter 9

7. Anakena Beach
Quem procura um destino de praia, poderá ficar um pouco decepcionado! Pois a maior parte da costa da ilha é rochosa. Mas no norte da ilha tem uma pequena praia chamada Anakena que oferece tudo o que você esperaria de um paraíso tropical: areias de coral branco, águas cristalinas e calmas, e um bosque de coqueiros.

easter 11

8. Eco-lodges
Um destaque para muitos visitantes é a estadia em uma das eco-lodges da Ilha de Páscoa.
Dicas de hospedagem:

Altiplánico Rapanui – O hotel foi projetado no estilo de um barco tradicional de Rapanui. É rodeado por jardins coloridos, com uma bela piscina com vista para o mar e espaços abertos. Ótima opção para relaxar depois de explorar a ilha.

Hangaroa Eco Village & Spa – O hotel tem 79 quartos e está a uma curta distância da principal aldeia de Hanga Roa. É construído em verdadeiro estilo ecológico, com edifícios adobe cobertos com telhados de grama. No interior, os troncos de árvores de cipreste formam pilares e os quartos com casa de banho privativa têm banhos de argila artesanais. É como ficar em uma caverna muito luxuosa.

Explora Rapa Nui – Os 30 quartos do explora Rapa Nui são projetados para aproveitar ao máximo o silêncio em uma tranquila da Ilha. O hotel tem piscina e jacuzzi ao ar livre, sala de massagem, e é a única da ilha com Certificação LEED (Liderança em Energia e Desenho Ambiental). Explora funciona no sistema all-inclusive. Mas um completo “tudo incluso” no preço da diária, incluído: acomodação, refeições, bebidas, passeios guias, transfers, equipamentos nos passeios, etc. O que não inclui são custos fora do hotel, a lojinha e os tratamentos do spa.

easter 222

9. Sim, há na ilha aquelas estátuas de pedra maciças de lendárias ao redor da costa – os Moai. Não esquecemos delas! rs
Os Moais (estátuas humanas monolíticas esculpidas em uma única pedra) estão espalhados por toda a ilha. Eles são a principal razão pelas quais as pessoas vêm para a Ilha de Páscoa e realmente fazem de qualquer viagem uma experiência única na vida.
Esculpidos na imagem dos ancestrais Rapa Nui da ilha, as estátuas medem a uma altura até de 10 metros. Cada moai é diferente. Como as caricaturas, elas são gordas, magras, grandes, pequenas e tatuadas – vai da sua criatividade. Curiosidade: O Ahu Ko Te Riku é o único moai com olhos, pintado como parte de uma restauração realizada pelo arqueólogo americano.

easter 7

easter 222

easter 13

 

One thought on “9 razões para viajar a Ilha de Páscoa!

  1. 24 de julho de 2018
    Responder

    Ilha de Páscoa adorei !! quero conhecer !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *