Tudo o que você deve saber em uma viagem cultural à Tailândia!

16 de abril de 2018
Viagens Culturais

A Tailândia é um país com tradições antigas e com um povo bem sorridente! Sua cultura sempre foi preservada por seus povos, e a mais de sete séculos possui uma história independente. De norte a sul, o país tem fascinantes manifestações culturais e religiosas.

Sua atmosfera é símbolo de leveza e paz, devido a de sua principal religião: o budismo. São mais de 18 mil templos sagrados espalhados pelo país e cada um com suas peculiaridades. Os principais pontos de visita a templos, diferentes povos e festivais ficam localizados em Bangkok, Ayutthaya, Chiang Mai, Mae Hong Song e em Chiang Rai.

Veja agora tudo o que você deve saber para fazer uma viagem cultural na Tailândia.

BANGKOK

DSC01319

A atual capital da Tailândia tem o contraste de uma metrópole com diversos arranha-céus junto com os templos budistas e casas de massagem. Desfrute a herança cultural e artística de diversos templos. As principais são:

Wat Phra Kaeo: Templo da Esmeralda Buda. Este templo, que está situado situada ao lado do Grande Palácio foi terminado em 1784, ainda é usado como capela particular do monarca. É a única capela tailandesa na qual não residem monges. O Buda de Esmeralda só pode ser visto em determinados dias.

bkk 6

Wat Arun: O Templo do Entardecer. É o maior cartão-postal da cidade e talvez a imagem mais famosa que o mundo tem da capital da Tailândia.

bkk 7

Wat Benchamabophit: O Templo de Mármore. Para alguns, a beleza desse templo chega a superar outros mais famosos. Este não está entre os mais visitados pelo simples fato de estar localizado em uma região mais afastada.

bkk 8

Wat Pho: Templo de Oração a Buda. Este é um templo budista que fica ao Grande Palácio da cidade. O local é mais famoso por conta do Buda Reclinado que tem 46 metros de comprimento e 15 de altura. Ele é todo coberto de ouro e impressiona os turistas.

DSC01271 5

alexandre-chambon-2

Os principais atrativos culturais não ficam restritas aos templos em Bangkok. Visite o  Teatro Real Chalermkrung, Siam e o Teatro Joe Louis com apresentações de danças típicas; Aos que gostam boxe Tailandês vale uma visita ao Estádio Lumphini e o Ratchadamneon. E por último, aos que gostariam de aprender sobre os estilos de vida nas margens dos rios, visite os marcados flutuantes da capital.

bkk 9

.

.

AYUTTHAYA

bkk 10

A 1 hora de Bangkok, Ayutthaya serviu como capital da Tailândia durante séculos, e foi glorificada como uma das maiores cidades do Sudeste Asiático.

Durante a guerra contra a Birmânia, a cidade foi invadida e completamente destruída pelo exército inimigo. Para demonstrar poder, os birmaneses cortaram a cabeça de todos os budas dali. Uma das cabeças caiu na terra e uma árvore cresceu ao redor dela.

Um bate e volta as ruínas de Ayutthaya permitem uma viagem de volta ao século XVIII. Principais pontos de visita:

Wat Yai Chai Mongkol: O tempo possui uma estupa com mais de 60 metros de altura – construída com mais de 28 toneladas de tijolos. Lá diversos Budas são cobertos com tecidos dourados.

ay 1

Wat Mahathat: Local onde guarda a cabeça de Buda abraçada pelos galhos de uma árvore.

DSC01002

Viharn Phra Mongkhol Bophit: Acredita-se que ele foi inaugurado em torno do século XIV. Dentro deste templo fica a maior estátua de Buda de bronze da Tailândia. Local é bem sagrado.

DSC01050

Wat Phra Si Sanphet: Um dos templos mais bonitos da região, composto por três grandes Chedis – monumento construído sobre as cinzas de alguém importante dentro da religião budista. As chedis guardam as cinzas de três reis do passado: o Rei Trailok, o Rei Borom Ratchathirat III e o Rei Rama Thibodi II.

DSC01039 2

Wat Chai Watthanaram: O templo significa algo como “O Mosteiro do Templo Vitorioso e Próspero”, era utilizado para realizar cerimônias reais e também cremações de pessoas ligadas a família real.

ay 2

Wat Lokkayasutharam: É maior Buda reclinado de Ayutthaya.

ay 3

.

.

CHIANG MAI

a chian 1

Chiang Mai está localizada na região montanhosa ao norte da Tailândia, às margens do Rio Ping. No topo da montanha, o verde contrasta com o brilho dourado do Wat Phrathat Doi Suthep, um dos templos mais belos do país.

É uma cidade que mistura o velho com o novo. É uma cidade bem romântica, onde casais podem passear em charretes pintadas com cores vivas e puxadas por cavalos. O impacto da beleza natural da paisagem, combinado com a riqueza cultural faz desta região um local mágico.

a chian 3

A parada em alguns dos vinte sítios arqueológicos é imperdível:

Wat Phrathat Doi Suthep: Localizado no alto de uma montanha, o templo oferece uma vista espetacular da área ao redor da cidade. É o templo mais importante do norte do país, onde se fazem procissões à luz de velas nas datas religiosas.

a chian 2

Sankampaeng: A aproximadamente 10 km de Chiang Mai, a cidade é responsável pela produção da maioria do artesanato comercializado no norte do país.

a chian 4

.

.

MAE HONG SON

Está a aproximadamente 280 km de Chiang Mai e é conhecida como “a cidade das três névoas”. O vilarejo está em um profundo vale rodeado por altas cadeias de montanhas, arrozais, cachoeiras e florestas. É lá onde estão as Tribos das Mulheres Girafa.

Tribos das Mulheres Girafa: Vilas onde mulheres alongam seus pescoços com argolas desde a infância. Além das argolas no pescoço elas também usam o mesmo tipo de adorno nos pulsos e tornozelos para que estes membros fiquem mais finos e as tornem assim mulheres mais belas pela cultura local.

a chian 5

Mas na região também vale a visita ao:

Wat Nong Jong Kam e Wat Jong Klang: São templos símbolo da cidade localizados dentro de um mesmo complexo. O Wat Kam abriga uma grande estátua de Buda, com aproximadamente 5 metros de largura enquanto Wat Jong Klang abriga em seu interior 3 paredes completamente cobertas com pequenas pinturas em vidro que retratam as vidas anteriores de Buda. As pinturas possuem mais de 150 anos e são provenientes do Myanmar.

Wat Phra Dhat Doi Kong Moo: Marco mais antigo da cidade, que abriga relíquias de Phra Moggalana, um dos discípulos de Buda.

a chian 6

.

.

CHIANG RAI

a chian ra 1

A cidade está a aproximadamente 200 km de Chiang Rai e está situado entre enormes montanhas com vales cobertos de arrozais. A região também é conhecida como “terra de um milhão de campos de arroz”. Chiang Rai pertencente ao Triângulo Dourado.

O Triângulo Dourado: antigo cruzamento de mercadorias e cultura ao longo do majestoso rio Mekong. Em determinado momento a única fonte de renda foi a plantação de ópio, porém uma iniciativa da realeza incentivando outras formas de cultivo levou estes povos a plantarem café e vegetais na região.

a chian ra 2

Outros pontos para se visitar em Chiang Rai:

O Templo Branco: O gesso branco do templo simboliza a pureza do Buda, enquanto os pedaços de vidro representam sua sabedoria. Essa combinação faz a luz do sol reluzir que chega a doer a vista. Quem puder aguardar, não se arrependerá.

Doi Mai Salong: Local com beleza natural e de produção e comercialização de frutas como pêssegos e lichia.

Akha: Tribo famosas por suas vestimentas e adornos bastante coloridos. Cada aldeia Akha se distingue pelos seus portões de madeira esculpidos e protegidos por guardiões espirituais. Além da agricultura, já incorporaram a venda de artesanatos feitos com uso de técnicas tradicionais para complementar sua renda.

Yao: Tribo originária do sul da China, que hoje são encontrados também no Vietnã, Laos e norte da Tailândia.

a chian ra 3

 

VOCÊ CONHECE OS PRINCIPAIS FESTIVAIS NA TAILÂNDIA?

Os tailandeses criaram algumas das festas mais incríveis do mundo, regadas a muita dança e felicidade. Conheças os principais:

Ano Novo Chinês (Janeiro/Fevereiro): Realizada em Bangkok, na maior China Town na Tailândia: Yaowarate Road. Ela é conhecida como a Estrada Dourada e a Terra do Dragão Siamês. Desfrute das demonstrações culturais Chinesas, também com desfiles de moda de vestuário Chinês antigo de várias regiões.

Ano Novo Tailandês Songkran (13-15 de Abril): É também conhecido como “Festival da Água”, e é realizado por todo o país. É o evento mais divertido da Tailândia e celebrado com muito entusiasmo. Os valores culturais do Songkran são expressados através de várias cerimônias e rituais, como por exemplo: prestar tributo aos membros mais velhos da família colocando um pouco de água sobre suas mãos e pedindo sua benção, rezando no templo e lavando imagens do Buda, criando domos elaborados em areia e também borrifando água para celebrar o Ano Novo.

Ano Novo (Dezembro): Aproveite o Réveillon desfrutando atividades tradicionais Tailandesas. Diversas cidades oferecem performances culturais, shows de laser e fogos de artifício. Depois, dia 1º de Janeiro, os Tailandeses rezam nos templos, tradição para pedir um ano novo bastante próspero.

Festival Loi Krathong (Novembro): Um evento fascinante sendo um dos festivais mais bem preservados e antigos do reino e conhecido como “Festival das Luzes” realizado em noite de lua cheia no décimo segundo mês lunar, normalmente em Novembro, por todo o país.  Centenas de milhares barcos tradicionais de folhas de bananeira decorados são colocados à deriva nos rios e cursos de água por todo o reino da Tailândia para pedir perdão a Mae Phra Khongkha e afastar a má sorte.  As tradições Loi Krathong refletem as crenças locais e evolução cultural e existem muitas variações regionais interessantes a ser vistas.

a a fest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *